sexta-feira, 29 de abril de 2016

SAPATO ALTO


SAPATO ALTO

A invenção do salto alto, ao que se conhece, é atribuída a Catarina Di Médice, filha de uma distinta família de Florença.
Ela foi a Paris para se casar com o futuro Henry II.

Por ser pequena, carregou na bagagem vários sapatos feitos por um artesão italiano, com saltos que a deixavam mais alta.

A novidade virou moda na aristocracia francesa, fazendo homens e mulheres subirem, literalmente, no salto, como marca e privilégio social.

Só os ricos e bem-nascidos podiam usá-los.

O USO E A EXUBERÂNCIA

Bodas de Reis...
 Catarina Di Médice e Henry Segundo.
Florença e Paris, expoentes daquele mundo,
Reduto de nobreza, encantos da realeza.
Usaram o salto das alturas,
Lançado por Luiz XV.
Chegou à modernidade.
Ferragamo ditando moda.
Pernas descobertas e alongadas.

Meias finas, com ou sem costuras.
Corpo ressaltado...

Forma elegante aos quadris e seios.
Produzindo anseios... Sensualidade...

Escarpin, paixão da beleza.
Objeto de amores das mulheres...

Nos homens, libido e fetiche...  

segunda-feira, 18 de abril de 2016

ATITUDES QUE FAZEM A DIFERENÇA

ATITUDES QUE FAZEM A DIFERENÇA


Alguns escolheriam “circunstâncias”, talvez dizendo: “Eu seria feliz...se tivesse mais dinheiro e uma saúde melhor”. Mas, na realidade, a felicidade muitas vezes está mais relacionada à atitude do que às circunstâncias e aos genes. E essa   é uma boa notícia. Por que? Porque sua atitude é algo que você pode controlar, diferentemente das suas circunstancias ou dos seus genes, sobre os quais você tem pouco ou nenhum controle.

Assim, pode determinar se vai alcançar um objetivo ou desistir, ou se um acontecimento trágico vai revelar o que há de melhor ou pior.  Pode ser que algumas pessoas duvidem disso.

Talvez pensem:
. Por que esconder minhas dificuldades fingindo ser otimista?
. Eu posso ser positivo o tempo todo, mas isso não vai mudar minha situação.
. Melhor ser realista do que ser um sonhador.

Esses pensamentos podem parecer válidos. Ainda assim, vale a pena ter um ponto de vista positivo. 

O que isso quer dizer:
O pessimismo vai fazer você perder a força que precisa para melhorar a situação ou para lidar com ela. Se você vê tudo de modo negativo, vai se sentir “aflito” e todos os dias vão parecer “maus”, ou sombrios. Mas, se você se concentrar em coisas positivas, será “ alegre de coração” e terá contentamento. A escolha é sua.

A pessoa que dá sem esperar nada em troca sente muita alegria. Por que? Porque fomos criados para fazer mais do que simplesmente cuidar de nossas próprias necessidades.

Cuide de sua atitude da mesma maneira que você cuidaria de uma horta. Arranque as pragas do pessimismo e do pensamento negativo. Plante sementes de otimismo e torne sua vida produtiva com ações que resultam em emoções positivas. Você vai ter uma boa produção em sentido emocional, que tornara sua vida mais significativa. Assim, você terá certeza que a atitude faz a diferença.


sábado, 9 de abril de 2016

BROCHE

 BROCHE




Trata-se de um acessório ou joia, projetada para ser usada no vestuário.

Geralmente é feita de metal, mas também é encontrada em prata ou ouro e, em alguns casos, bronze, aço ou algum outro material.

Broches são, frequentemente, decorados com pedras preciosas e pode ser utilizado unicamente como ornamento, ou, como prendedores em um manto.

O USO E A ELEGÂNCIA...

Silhueta de mulher,
Corpo moreno e sereno.
Muito brilho nos olhos,
Um doce perfume está no ar.


Adorno brilhante e apaixonante,
Aconchego para o colo,
Reluzente, fulgurante, deslumbrante.
Som de valsa contagiante,
Passos e compassos,
Elogio enamorado,

Abraço apertado,
Beijo delirante,
Em noite estrelada.



O ANDARILHO

Em um dia desses qualquer, o Prefeito de uma cidade grande parou o seu carro, por pouco tempo, em um cruzamento, aguardando o sinal de ...