quinta-feira, 27 de abril de 2017

VÊNUS, DEUSA DO AMOR



VÊNUS, DEUSA DO AMOR 


Foi uma das divindades mais veneradas entre os antigos, sobretudo na cidade de Pafas, cujo templo era admirável. Tinha um olhar vago, e cultuavam-se os olhos como ideal de beleza.

Possui muitas formas de representação artística, desde a clássica (greco-romana) até as modernas, passando pela renascentista.

É de uma anatomia divinal; daí ser considerada, para os antigos gregos e romanos, como a deusa do erotismo, da beleza e do amor.

Os romanos consideravam-se descendentes da deusa pelo lado de Enéas, o fundador mítico da raça romana, que era filho de Vênus com o mortal Anquises.

Na epopeia ‘Os Lusíadas’, Luiz de Camões apresenta a deusa como a principal apoiante dos heróis portugueses.


 A DEUSA VENERADA
Por: Antonio Vendramini Neto

Mito da antiguidade greco-romana,
 Concebida pelos deuses Júpiter e Dione.

Nasceu dentro de uma concha de madrepérola,
 Com suprema beleza, encanto e amor.

Doce olhar vago de estupenda beleza feminina.
Anatomia divina esculpida em mármore.
Venerada na antiguidade por nobres e guerreiros...

Conhecida como Deusa do erotismo,
 Caminhava entre nuvens azuladas,
Flutuava nas plumas em forma de carruagem,
Puxada por elegantes cisnes brancos.



quarta-feira, 26 de abril de 2017

PONTUALIDADE


Chegar em algum lugar um pouco antes do horário marcado evita o estresse. Além disso, ser pontual pode ajudar a pessoa a ter  uma boa reputação.

Ser pontual mostra que você é competente.Quando respeita horários, mostra  que tem certo controle sobre as circunstâncias na sua vida em vez de se atrapalhar por causa de imprevistos.

Ser pontual mostra que você é confiável. Hoje em dia, muitas pessoas não se  preocupam em cumprir suas promessas e não fazem questão de honrar seus compromissos . Por isso, quem tem palavra costuma ser respeitado. Pessoas  confiáveis são valorizadas pela sua família e por seus amigos. Funcionários que chegam ao trabalho na hora certa e que cumprem  com os prazos também são mais valorizados. Alguns até recebem mais responsabilidades e um salario melhor.

Para ter uma boa safra, um agricultor precisa plantar na hora certa. Não dá para adiar o tempo do plantio. 

Em outras palavras, se o agricultor for pontual, ele vai ter  uma boa colheita. 

Tenho outros textos formatados. Para vê-los, acesse:

quinta-feira, 20 de abril de 2017

ESCRITOR, UMA EXPERIÊNCIA APAIXONANTE


Dançando com as Letras
Veneza uma inspiração apaixonante
Aventuras pelas estradas da vida

O TEMA DESTA CRÔNICA

Em uma ocasião, dentro de um programa criado especialmente para que os alunos das Escolas tivessem oportunidade de conversarem com os ESCRITORES, fui a uma sala de aula, a convite de um estabelecimento de ensino.
Durante a explanação sobre um dos 

contos do meu livro VOZES NO SILÊNCIO DA NOITE, solicitava, aleatoriamente, para um dos alunos ler um trecho e interpretar o conteúdo. Em um dado momento, um deles me perguntou: Como se tornou um escritor?

A pergunta me deu a oportunidade de oferecer uma resposta, que, até a mim mesmo, me surpreendeu, pois me percebi realizado com minha vocação de escritor.

Em síntese, foi uma conversa em que dei tudo de mim, tentando ajudar os alunos a desenvolver a capacidade de entender a criatividade do escritor, utilizando a imaginação fértil em um romance, e, em outros momentos, em um conto, às vezes, até por uma situação pessoal.

Todos os relatos foram para mim e os ouvintes uma experiência apaixonante. E pude concluir dizendo ter-me transformado em um escritor, com alguns livros publicados.

A bem da verdade, nascemos com o dom de escrever. A pessoa pode ser um morador de rua ou até mesmo um empresário. A consolidação vem com muita leitura, esforço mental e até físico, no desenvolvimento da montagem da história e, depois, no arcabouço na confecção de um livro.
A vida mostra que existem talentos nos mais diversos seguimentos da sociedade e que poderiam ser aproveitados. Isso, então, é um convite a pensar que, para escrever, não existem barreiras sociais ou econômicas. O que importa é deixar que o medo com o desconhecido não o atrapalhe ao expor suas ideias; o detalhe de cada texto, cena, e a criação de um ou vários personagens, leva a criar situações fictícias, em sua grande maioria, no mundo que o cerca. O escritor, na verdade, é um grande inventor.

Infelizmente, hoje em dia, já não existe tanto interesse pela leitura. Tal condição faz com que se destaquem os contos, minicontos e micro-contos, nascendo assim o livro ‘antologia’, realizado em parcerias, publicando apenas um pequeno conto ou um poema. A palavra é de origem grega e tem como tradução, “coleção de flores”, que são trabalhos literários agrupados por temática, usada para categorizar coleções de histórias e romances curtos, agrupados em um único volume para publicação.  

Mas, acima de tudo, vale a pena registar a origem da escrita, este processo simbólico que possibilitou ao homem expandir suas inspirações para muito além do seu próprio tempo e espaço, criando mensagens que se manteriam inalteradas por séculos e que poderiam ser proferidas a quilômetros de distância. Acredita-se que tenha se originado a partir de um simples desenho de duas pernas que poderia representar o conceito de andar ou ficar em pé, terminando por evoluir em símbolos como os hieróglifos egípcios por exemplo.

Dentro desse contexto, coloco aqui uma das minhas criações poéticas que participaram de várias antologias.



LA PERRA GORDA


Aproximou-se, de forma suave, na varanda.
Veio ao meu encontro com passos lentos.

Cansada, sentou-se ao meu lado.
Seduziu-me com um olhar!

Acompanhei o seu caminhar!
Notei que o seu corpo estava diferente.

Caminhou para sua casinha!
Embaixo da janela da cozinha.

La dentro continha...
Três perritos!!!
Negrito, Pedrito e Marquito.





segunda-feira, 17 de abril de 2017

SORRIA - VOCÊ ESTÁ SENDO OBSERVADO!


Quando alguém dá um belo sorriso para você, como reage? Geralmente você sorri de volta e fica feliz com isso. A verdade é que um sorriso sincero - seja de um amigo ou de um estranho - é contagiante e desperta bons sentimentos.

Um sorriso sincero transmite boas emoções, como alegria e bem-estar. Na verdade, "sorrir...faz parte de nossa natureza", deixando expressões faciais com grande precisão, transmitindo informações importantes sobre uma pessoa e nos ajuda  a saber como deveremos nos comportar diante dela.

Pesquisadores da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, estudaram como um  grupo de paciente idosos reagia às expressões faciais dos seus cuidadores, perceberam que, quando  a expressão facial dos cuidadores refletia, "ternura, cuidado, preocupação e empatia", os pacientes ficavam  mais felizes e a saúde mental e física melhorava. O contrario também era verdade, Quando a expressão facial dos cuidadores era fria, os pacientes sentiam distantes deles.

Quando você sorri, na verdade está fazendo um favor para você mesmo! Estudos mostram que sorrir traz muitos benefícios, por exemplo, aumenta nossa confiança, nossa alegria e ainda diminui o estresse. Por  outro lado, ficar de cara fechada tem o efeito contrario!  
Acesse também meu site e veja fotos com temas interessantes.

sábado, 15 de abril de 2017

SER GENEROSO FAZ BEM



Ser generoso é uma forma de bondade. Pessoas bondosas dão a outros de seu tempo, sua energia, sua atenção e assim por diante. 

Isso traz muitos benefícios. Um dos mais importantes é que contribui  para a nossa saúde.

Pesquisas mostram que pessoas que se oferecem para ajudar outras costumam ter uma saúde melhor. Elas tem menos doenças e são menos deprimidas. Ser generoso faz bem até para pessoas que tem doenças  crônicas, como esclerose múltipla e aids. Um estudo com alcoólatras em tratamento mostrou que, quando eles fazem  coisas para ajudar outras pessoas, ficam  muito menos deprimidos e tem menos recaídas.

Por que ser generoso faz tão bem? Acredita-se que a generosidade desperta "sentimentos de compaixão, apego, amor e bondade, diminuindo assim sentimentos negativos". 

Também reduz o estresse e a hipertensão.
Um estudo com viúvos mostrou que os que ajudavam outras pessoas se recuperavam mais rápido da depressão.
Assim, não restam duvidas: Ser generoso faz bem!  



quinta-feira, 13 de abril de 2017

AS MAGNÍFICAS ARARAS


Um bando de araras levanta voo de repente no meio da floresta. Um espetáculo de cores vivas! Essa cena impressionou os exploradores europeus que chegaram às Américas  Central e do Sul no fim dos anos 1400.

O que eles viram eram araras, papagaios de  cauda longa que habitam as regiões tropicais  das Américas. Em pouco tempo, mapas da região continham gravuras dessas magníficas aves.

Elas se tornaram simbolo do paraíso recém-descoberto.
Tanto o macho como a fêmea tem cores vivas, o que não é comum entre as aves coloridas. As araras também são inteligentes e sociáveis. Seus gritos são altos e estridentes. De manhã cedo, elas saem voando em bandos de umas 30 aves para procurar sementes, frutas tropicais e outros alimentos.

Assim como é típico dos papagaios, as araras geralmente seguram o alimento com as garras e comem com o bico grande e curvado. Elas conseguem quebrar até a casca dura de nozes. Depois de se alimentar, costumam voar em bandos para rochedos ou margens de rios para comer barro. Isso pode ajudar a neutralizar e efeito das toxinas  dos alimentos e suprir os elementos químicos de que precisam.

As araras normalmente ficam com o mesmo parceiro a vida toda. Tanto o macho como a fêmea cuidam dos filhotes. As várias espécies fazem ninhos em árvores ocas, em buracos em barrancos e cupinzeiros, ou  em cavidades e fendas de rochedos. É comum vê-las alisando as penas umas das outras com o bico. Em seis meses os filhotes já  estão plenamente desenvolvidos, mas ficam com os pais por uns três anos . Na natureza,  as araras vivem de 30 a 40 anos. 

Em  cativeiro algumas vivem mais de 60 anos.

quarta-feira, 5 de abril de 2017

LOBO SOLITARIO








Alfredo se apresentava como um personagem bastante conhecido dos frequentadores noturnos de um bar em uma rua pouco iluminada que desembocava em uma praia de um imenso litoral.  Sua aparência mostrava uma pessoa de poucos cuidados; cabelos em desalinho e barba de vários dias.
Era um seresteiro a moda antiga. Toda noitinha com o violão nas costas caminhava em direção ao bar para sentar-se a mesa que ficava na calçada ao lado do bar, fazendo a alegria da rapaziada. Em algumas melodias soltava alguns urros; dizia que era para afinar as cordas e a garganta, por isso era conhecido como Alfredo Lobão. Sua popularidade estava em alta bem como a venda de bebidas servidas pelo proprietário que lhe pagava uns míseros trocados por noite.
Como as mesas ficavam perfiladas na calçada de madeira, acabou virando uma passarela por onde caminhava muita gente em direção à praia, ficando quase que uma parada obrigatória para tomar uma cerveja e ouvir o Alfredo Lobão.
Depois de umas e outras algumas pessoas caminhavam em direção ao mar para esfriar a cabeça. Entre elas estava a moça da cidade grande que trajava uma blusa azul deixando a mostra um decote extremamente generoso para a festa da moçada. A calça preta comprida colante, deixava sua bunda atraente e com os sapatos altos caminhava pela passarela, ouvindo-se o toc-toc do salto, balançando os corações solitários que metiam o beiço na cachaça para saudar a gostosa.
Então, Alfredo, em uma inspiração divina e fez a letra de uma música:


PASSARELA NOTURNA

Dama da noite em lua cheia.
Toc-Toc no tablado da calçada.
Som compassado.
Corpo delgado da cor do pecado.
Lobos solitários uivando sem parar.
Foi para o mar.

Entrou na areia e virou sereia.

terça-feira, 4 de abril de 2017

JOVEM LENHADOR

Havia um jovem lenhador, cheio de vitalidade e motivação. Em seu primeiro dia de trabalho, entusiasmou-se muito, pois havia derrubado 100 árvores. Vinte a mais do que a média de outros lenhadores. No dia seguinte, fez 101 árvores tombarem, no outro, 97. E assim, dia após dia seu esforço foi aumentando e a produtividade caindo cada vez mais. Ao décimo dia, contou, muito cansado, 79 árvores no chão. Parou e foi pedir ajuda. E ela veio. O mais experiente dos lenhadores ensinou: - Sua dedicação é maravilhosa e surpreendente, mas quantas vezes você parou para afiar o machado?

VIDAS PASSADAS E PRESENTES

O MANUSCRITO DO PRIMO NORBERTO Ele nos deixou, vitima que foi de um desastre automobilístico, causando grande consternação em toda...

POSTAGENS MAIS VISITADAS