COLETANDO SEMENTES

São muitos utilizadas para estudos das diferentes  espécies da flora.

Para colhe-las das arvores deve-se,
cortar grupos ou cachos de frutos utilizando podões ou podadores, avaliando  a maturação e danos antes de adicionar as sementes à coleção. 

Esta técnica é muito eficiente quando:
• as sementes estão agrupadas na parte terminal dos galhos;
• as espécies são abundantes e pequenas perdas de galhos e folhas são aceitáveis; e 
• as sementes estão fora do alcance dos coletores e precisam ser obtidas utilizando podões. 

Chacoalhando galhos: Balançar cuidadosamente os galhos irá, algumas vezes, fazer com que as melhores sementes caiam, podendo ser coletadas em baldes ou lonas abertas no chão, próximo da planta. 

IPÊ ROXO


É uma árvore da América do Sul, conhecida pela utilização medicinal e como madeira de lei. Seus nomes populares mais conhecidos são: piúva, pau-d'arco, piúna, ipê-roxo-de-bola, ipê-una, ipê-roxo-grande, ipê-de-minas, piúna-roxa.


Além de embelezar paisagens com seus tons de cores fortes, pode ser usada também para fins medicinais. A casca e as folhas do ipê roxo possuem propriedades que, quando usadas adequadamente, podem ajudar no tratamento de alergias, anemia, diabete, diarreia, câncer, candidíase, catarro da uretra, colite, coceiras, fungos, feridas, inflamações artríticas, leucemia, lúpus, mal de Parkinson, malária, osteomielite, problemas respiratórios, psoríase, queimaduras e úlceras.
 Além disso, a planta é um estimulante do sistema imunológico e age prevenindo doenças como leucemia, diabete e câncer, e trata problemas do fígado, garganta,
aparelho respiratório e útero.


SEMENTE EM PREPARAÇÃO PARA O PLANTIO

Suas propriedades medicinais envolvem sua ação como adstringente, analgésico, antiblenorrágico, antimicrobiano, anti-inflamatório, anti-infeccioso, antitumoral, antinevrálgica, antissifilítica, antibacteriana, depurativa e diurética. 

Os princípios ativos responsáveis por seus benefícios são o Ácido tânico, ácido lapáchico, antraquinonas, carboidratos, desoxilapachol, flavonoides, fibras, gorduras, lapachol, naftoquinonas, proteínas, sais minerais, sais alcalinos, saponinas e vitaminas.

ANOS DOURADOS DE UMA ÉPOCA VIVIDA

ANOS DOURADOS  DE UMA ÉPOCA VIVIDA Repassando algumas fotos e recortes de jornais, armazenados em uma caixa de papelão no meu...